Categorias

Notícias

agosto 2020
D S T Q Q S S
« Fev    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

Sondagem

O SIMA deve apresentar já para 2020 uma proposta de aumento salarial em que nenhuma das categorias profissionais aufira um salário inferior a 750 €?

View Results

Loading ... Loading ...
industriAll
Together At Work
Democracy at Work

DESPEDIMENTO COLECTIVO NA KEMET PROSSEGUE

O SIMA participou apenas na segunda reunião deste processo, na medida em que, a alteração de datas pela empresa e não aceitação de nenhuma das datas propostas pelo SIMA assim ditaram. E podemos concluir da postura a empresa neste processo O SIMA questiona a legalidade deste despedimento colectivo na medida pelo facto de poderem existir já listas para despedimento antes de afixação de qualquer critério. Interpelou a DGERT sobre tal e a negociação prossegue dia 20 de Dezembro.

SIMA REÚNE O GRUPO PARLAMENTAR DO PS

O SIMA reuniu com o grupo parlamentar do PS onde expôs toda uma serie de preocupações a nivel geral e muito em concreto como foi o caso da Kemet e da TAP (nota para mais detalhes sobre o SIMA na TAP ver a pagina SIMA TAP no Facebook), entre outras. Parece que esta apresentação sortiu algum efeito face ás declarações emanadas pelos Secretario Geral do PS no dia seguinte á reunião.

ISPORECO

SIMA reuniu com a empresa num espirito de dialogo verdadeiramente de salutar que permitiu resolver um conjunto de diversos problemas.

PARQUE INDUSTRIAL DA AUTOEUROPA

Vem o SIMA informar de que existem diversas situações muito complicadas em diversas unidades do Parque da AutoEuropa: as empresas,Vampro, Palmetal que vão entrar em lay off já nos próximos dias de downdays 21.09.2012, 28.09.2012, prevendo-se ainda o dia, 01.10.2012 a 04.10.2012 . Na Webastos mais 11 trabalhadores foram despedidos. No caso da Schnellecke existem negociações para evitar também um Lay off. O SIMA acompanha esta situação com extrema preocupação Vem o SIMA informar de que existem diversas situações muito complicadas em diversas unidades do Parque da AutoEuropa: as empresas,Vampro, Palmetal que vão entrar em lay off já nos próximos dias de downdays 21.09.2012, 28.09.2012, prevendo-se ainda o dia, 01.10.2012 a 04.10.2012 . Na Webastos mais 11 trabalhadores foram despedidos. No caso da Schnellecke existem negociações para evitar também um Lay off. O SIMA acompanha esta situação com extrema preocupação

PARAGEM NA SN SEIXAL

No período de 16 a 21 de Março a Aciaria, encontra-se sem produzir. Esta paragem inesperada, deve-se, a uma reparação numa instalação ( câmara de sedimentação – zona Forno Eléctrico ) imprescindível ao processo. Assim sendo, e como tem acontecido ao longos dos anos a administração resolveu colocar os trabalhadores envolvidos de férias. Não houve oposição dos trabalhadores.

SIMA reúne com Faurecia Palmela

O SIMA reuniu no dia 8 de Março, com a Directora de Recursos Humanos da Faurecia de Palmela, na pessoa da Sra. Dra. Ana Barbosa e da Sra. Dra. Carla Neto Directora de Recursos Humanos da Faurecia de Portugal. Tratou-se de uma reunião, com vista a debater a situação da empresa e as perspectivas para o futuro da mesma. Isto porque o SIMA acompanha com preocupação a evolução da situação da empresa. Por parte do SIMA, o Sr. Secretário-geral, José António Simões, Dr. Alberto Simõesrepresentante docontencioso do SIMA e ainda directores, do SIMA, na empresa Herculano Santos, Tércio Calisto e Rui Lourenço. Do decurso da reunião foi abordado o acordo e posição do SIMA sobre o mesmo lembrando á empresa que existe o CCTQUIMICO em vigor. O Comité Europeu e alguns assuntos pendentes de outras unidades da Faurecia de Portugal também foram abordados, mas a pintura da unidade de Palmela que neste momento está com o futuro incerto é a nossa maior preocupaçãopor estar em causacerca de 60 trabalhadores. Há que «olhar para o futuro». A empresa tem consciência que é importante usar, na sua totalidade a capacidade da fábrica, mas se não houver mais projectos ou aquisição da SPPM por parte da Faurecia o fim da pintura parece estar próximo. Na eventualidade do término da pintura de Palmela ter-se á de arranjarsolução para os 60 trabalhadores. Foi abordado por parte do SIMA a possível integração []

NOVO DESPEDIMENTO COLECTIVO NA LEGRAND

O SIMA assiste com uma verdadeira preocupação a mais um despedimento colectivo na Legrand, de quase duas dezenas de pessoas. De facto nos últimos tempos os despedimentos, as rescisões sucedem.-se a um ritmo assustador nesta empresa temendo o SIMA neste momento muito sinceramente que este seja o caminho para o encerramento da unidade; o SIMA lá estará uma vez mais ao lado dos trabalhadores em mais este processo e tudo fará para que se evite um cenário que parece começar a desenhar-se. O SIMA assiste com uma verdadeira preocupação a mais um despedimento colectivo na Legrand, de quase duas dezenas de pessoas. De facto nos últimos tempos os despedimentos, as rescisões sucedem.-se a um ritmo assustador nesta empresa temendo o SIMA neste momento muito sinceramente que este seja o caminho para o encerramento da unidade; o SIMA lá estará uma vez mais ao lado dos trabalhadores em mais este processo e tudo fará para que se evite um cenário que parece começar a desenhar-se.

HAWORTH LAY OFF

Encetado um processo de Lay Off(vulgo) que leva uma redução nos dias de trabalho até 24 dias até Agosto; o SIMA acompanha este processo com extrema preocupação, pois após tentavas de mútuos acordos chega-se agora a esta situação.

PSA Mangualde reduz mais de 300 trabalhadores

O SIMA acompanhou e foi das primeiras estruturas a anunciar a situação em Mangualde a empresa informou e consultou esta estrutura . O SIMA lamneta a redução das mais três centenas de trabalhadores; ainda assim nenhum trabalhador da PSA foi afectado e ficou o compromisso de que assim que haja uma retoma as pessoas agora afectadas são as primeiras serem chamadas o que sem duvida demostra um esforço e empenhamento numa situação que é difícil para todos. De relembrar que a situação em Mangualde nos últimos anos tem passado por situações similares e a empresa tem-se mantido e com recuperação de emprego que agora pelas razões conhecidas teve de levou á presente situação

REUNIÃO NA SCHNELLECKE

O SIMA reuniu uma vez mais com a empresa no sentido da avaliação da situação da empresa e a apresentação dos problemas dos trabalhadores. A empresa informou da sua expansão também no Norte e de que as perceptivas são positivas nomeadamente através de novos clientes; não estando desta forma apenas na dependência da AutoEuropa.